Todos os posts por ROGERIO ALVARENGA

20 jul 2017

Vagas em oficinas especiais que abordam do feminismo à reciclagem

 

As inscrições presenciais para as oficinas do Inverno Cultural estão na reta final, e se você não quiser ficar de fora, é bom correr até o Centro Cultural, pois elas se encerram nesta sexta. As oficinas da área temática Especiais saem do convencional e mostram a arte e a cultura de São João de uma forma diferente. Saiba agora quais oficinas especiais ainda têm vagas:

A cultura negra de São João terá vez e voz com Dandara além do dia 20: Diálogos sobre a negritude são-joanense. Apresentada pelas moças do coletivo feminista negro Dandara, que já tem atuação nas comunidades da cidade, a oficina traz atividades que estimulam o debate sobre as questões raciais e como elas afetam e se mostram em São João del-Rei. O evento será realizado no dia 24 de julho das 13 às 17h, e entre os dias 25 e 28 de julho das 14 às 17h, no Campus Santo Antônio da UFSJ.

Ainda no campo do feminismo, outra oficina que está com vagas abertas é Teoria e Prática Feminista: mudar a vida das mulheres para mudar o mundo. Apresentada pelo coletivo feminista Carcará, perpassa um histórico do feminismo, suas várias vertentes e alguns dos pontos de maior debate, tudo do ponto de vista das mulheres que constroem essa luta histórica. A oficina será realizada nos dias 27 e 28 de julho, das 14 às 18h, no Campus Santo Antônio da UFSJ.

Aprender inglês será uma atividade mais divertida na oficina Fun with English: Oficina de interação em língua inglesa por meio de jogos. Apresentada pelas professoras do Inglês sem Fronteira da UFSJ, tem como foco atividades e brincadeiras que tornam o inglês mais fácil de se aprender e praticar. A oficina será realizada entre os dias 24 e 27 de julho, das 8 às 12h, no Campus Santo Antônio da UFSJ.

Quem precisa economizar aquele dinheirinho no fim do mês terá uma ótima chance de aprender como na oficina Educação Financeira: ferramentas e dicas para equilibrar as finanças pessoais. Apresentada pelo consultor financeiro Ricardo Lima Guimarães, ela trabalha dicas de como planejar melhor suas finanças e garantir o alívio no fim do mês, mas de forma divertida e interativa. A oficina será realizada no dia 26 de julho, das 14 às 18h, no Campus Santo Antônio da UFSJ.

Não são apenas crianças que precisam aprender a se preocupar em preservar a natureza, essa é uma lição para os adultos também. A Oficina de reciclagem e reaproveitamento de resíduos para adultos, apresentada pelo professor Arthur Mariano, traz não apenas os conceitos de reciclagem e reaproveitamento, como também ensina a confecção de vassouras a partir de matérias recicláveis, que ajuda na conservação ambiental e a melhorar a renda. A oficina será realizada nos dias 24 e 25 de julho, das 14 às 18h, no Campus Santo Antônio da UFSJ.

A biomedicina, área tão importante da ciência, torna-se mais acessível com a oficina “Órgãos sem corpos” ou “O corpo sem órgãos”? Fluxos ligados, conectados e recortados. Sopros e gritos. Apresentada pela professora e médica Ana Pimentel, a oficina foca em uma investigação corporal, trazendo conceitos da biomedicina para as práticas cotidianas, e como essas coisas se relacionam. Ela será realizada no dia 23 de julho, das 10 às 18h, na sala multimídia do Centro Cultural UFSJ.

A leitura pode ser uma arma poderosa de transformação, e formar leitores é o objetivo da oficina Para gostar de ler. Conduzida pela professora Carolina Mafra e pelos alunos de Letras do IFSudeste-MG, a oficina trará atividades voltadas para estimular o interesse pelo prazer da leitura. O evento será realizado entre os dias 24 e 27 de julho, das 18 às 20h, na biblioteca do Campus Dom Bosco da UFSJ.

O valor de inscrição para cada oficina é 15 reais e deverão ser feitas presencialmente no Centro Cultural da UFSJ até o dia 21 de julho, sexta.

Texto: Felipe Januário

Foto: Divulgação UFSJ Bioagradável

Compartilhe:
20 jul 2017

Oficina aprimora língua inglesa com jogos e diversão

 

Nas letras das músicas, nos filmes e seriados preferidos ou até nas estampas de camisas, a língua inglesa está presente em diversos momentos do cotidiano. O contato tão frequente faz com que cada vez mais pessoas procurem cursos e outros métodos para aprendê-lo. Durante o Inverno Cultural, acontece a oficina Fun With English, que tem como objetivo promover jogos e atividades para ajudar a quebrar o gelo e trabalhar a fluência do idioma. As inscrições podem ser feitas até sexta, 21, no Centro Cultural UFSJ. A taxa de inscrição é R$ 15.

O único pré-requisito é a idade – a partir de 15 anos. A oficina será liderada por Ana Laura El-Corab, Diana Drumond e Elysa Marques, que são graduandas em Letras pela UFSJ e atuam como professoras no Núcleo de Língua Inglesa do Programa Inglês sem Fronteiras na UFSJ.

De acordo com Elysa Marques, oportunidades como essa são importantes, principalmente no período de férias, porque evitam que a pessoa enferruje. “Estamos cientes de que, para que se mantenha um bom desempenho no inglês, deve-se praticá-lo frequentemente, mas não temos muitas oportunidades que viabilizem essa prática”, conta. Durante a oficina, as pessoas poderão praticar o que já sabem e ainda aprimorar conhecimentos anteriores.

Com uma abordagem lúdica, a oficina acontece em forma de gincana. As atividades propostas baseiam-se em jogos de palavras, sempre voltados para o estudo do vocabulário. As pessoas são divididas em grupos. “Aprender por meio de brincadeiras é muito mais fácil. Você absorve muito mais as coisas, já que não é maçante”, explica Elysa.

Ela também conta que as diferenças do nível de fluência entre as pessoas participantes não preocupam tanto: “A gente trabalha em grupos justamente para ajudar nisso. Um aluno que sabe mais vai ajudar o outro porque eles são interdependentes”. Os jogos e atividades propostos demandam nível básico de inglês.

Os desafios de aprender uma nova língua são diversos. Ainda mais em se tratando do inglês, que vem de uma cultura diferente e por isso traz outros referenciais de mundo, dificultando o aprendizado. Elysa comenta: “O estudo das diferenças culturais entre os países falantes de determinada língua é de grande importância para que o aluno possa entender pequenos detalhes que passariam despercebidos e que fazem grande diferença sobre determinado assunto, palavra ou expressão”.

A oficina Fun With English acontece entre os dias 24 e 27 de julho, a partir das 8h, na sala 3.17 do Campus Santo Antônio da UFSJ (Centro).

Texto: João Vitor Bessa e Camila Campos

Imagem: freepik.com

Compartilhe:
20 jul 2017

Ainda dá para se inscrever em oficinas de quadrinhos, poesias e para crianças

 

Com a reta final das inscrições para oficinas, quem quiser participar do Inverno Cultural não poderá perder mais tempo. Saiba agora quais oficinas de literatura ainda têm vagas e não se esqueça: o prazo para se inscrever é sexta, 21, no Centro Cultural UFSJ.

Os amantes das histórias em quadrinhos poderão saber ainda mais sobre o assunto com a oficina de Criação Literária em Quadrinhos. Coordenada pelo ilustrador, publicitário e educador popular Gilson Ribeiro, a oficina se propõe a mostrar o uso dos quadrinhos como forma de expressão criativa e artística, estudando e construindo a relação entre imagem e palavra na história. O curso será realizado entre os dias 24 e 27 de julho, das 14h às 18h, no Campus Santo Antônio da UFSJ.

As crianças serão apresentadas ao mundo das artes com a oficina Literatura em movimento – Corpo e palavra na construção do imaginário infantil, que busca ensinar às crianças como contar suas próprias histórias por meio do teatro. Quem conduz a oficina é a pesquisadora e artista Marcelle Louzada, trazendo jogos corporais e brincadeiras teatrais que estimulam nos participantes a capacidade motora, a criatividade, o senso de espaço e outras habilidades artísticas. Anote as datas: será realizada nos dias 27 e 28 de julho, das 14 às 18h, no Campus Santo Antônio da UFSJ.

Poesia criada de forma coletiva é o foco da oficina Poesia e as formas do agir comunitário. Apresentada pelo poeta e crítico Rafael Zacca, a oficina trabalha um novo jeito de se fazer poesia, usando vários tipos de conhecimento e incentivando o trabalho coletivo para que os participantes possam criar poesias em grupo. As atividades estão programadas para o período de 24 a 27 de julho, das 14h às 18h, também no Campus Santo Antônio.

As inscrições devem ser feitas presencialmente no Centro Cultural UFSJ, Solar da Baronesa, Centro Histórico de São João del-Rei. O valor de cada inscrição é R$ 15. Não perca a chance de participar da ocupação artística do Inverno Cultural 2017!

Texto: Felipe Januário

Foto: André Azevedo

Compartilhe:
19 jul 2017

Uma oficina e duas master classes de Música ainda têm vagas

 

A programação do Inverno Cultural reserva um espaço especial para a música, e em 2017 não é diferente. Além dos shows e recitais, você pode participar de oficinas e master classes diversas. As inscrições devem ser feitas presencialmente, até o dia 21 de julho, no Centro Cultural UFSJ, Solar da Baronesa, Centro Histórico de São João del-Rei. Confira a oficina e as master classes que ainda têm vagas:

A Iniciação para DJs com ênfase em música eletrônica oferece aulas a respeito das noções básicas de mixagem e discotecagem, além de conhecimentos básicos sobre equipamentos. A oficina acontece nos dias 24 e 26 na sala 1.24 do prédio da música (CTan) e nos dias 27 e 28 num palco montado no Largo do  Tamandaré. As inscrições custam R$ 15.

Na sala de ensaios do Conservatório Padre José Maria Xavier, acontece o Master class aberto: Canto Lírico no dia 24, nos períodos da manhã e tarde. Ministrado pelo contratenor Sergio Anders, tem como objetivo oferecer soluções técnicas e interpretativas para o repertório das participantes. A inscrição é gratuita.

Tendo como público-alvo um grupo mais específico, o Master Class aberto: Interpretação barroca para pianistas é oferecido pelo professor Ederson José Urias Fernandes da Silva. Acontece no dia 24 de julho, também na sala de ensaios do Conservatório Padre José Maria Xavier. Vinte vagas são oferecidas, sendo todas gratuitas.

Texto: João Vitor Bessa

Foto: André Fossatti

Compartilhe:
19 jul 2017

Financiamento coletivo: você também pode fazer o Inverno Cultural UFSJ

 

Você certamente já conhece o Inverno Cultural UFSJ. Nos 30 anos de sua existência, o festival tem promovido ações de cultura e arte para a população de São João del-Rei e outros municípios mineiros. São oficinas, palestras, shows, teatros e diversas expressões artísticas promovidas pela Universidade Federal de São João del-Rei e pela Fauf. Agora, você pode contribuir para que o evento seja ainda mais forte, mais próximo das comunidades. Mas, como?

Aí entra o financiamento colaborativo ou crowdfunding, uma forma de captação de recursos em que várias pessoas podem investir financeiramente na sua ideia, geralmente pela internet. Neste ano, o Inverno Cultural será realizado com 20% do orçamento da última edição e, para garantir o fortalecimento das atividades culturais, especialmente nos bairros, está lançando uma campanha de financiamento colaborativo pela plataforma Kickante e pela Vakinha

Para doar a partir de R$ 10, você pode acessar o link direto do financiamento (clique aqui) dentro do site Kickante. O processo é simples: é só cadastrar com os dados pessoais e selecionar a melhor de forma de pagamento. Você doa, contribui com a manutenção das atividades e, de quebra, ainda ganha um brinde exclusivo do Inverno Cultural. Na Vakinha, as doações partem de R$ 20 e podem ser feitas aqui.

Os contribuintes podem doar entre R$ 10 e R$ 50. Quem doar R$ 10 reais na Kickante recebe um cartão postal exclusivo “Ocupe Arte”, que é o tema do festival em 2017, e terá sua foto exibida no site e redes sociais na categoria “Quem faz o IC”. Quem doar R$ 20 em qualquer uma das plataformas pode escolher uma das camisetas dessa edição ou modelos vintage de edições anteriores, bem como levar um imã de geladeira exclusivo “Ocupe Arte”. Doando R$ 50, também em um dos dois sites, você garante uma caricatura sua, exclusiva e digital que pode ser postada nas redes sociais ou impressa por você.

O Inverno Cultural 2017 acontece entre 22 e 30 de julho, mas promove atividades ao longo de todo o ano. Entre as atrações dos nove dias de evento, estão Tianastácia, Berimbrown, Grupo Galpão, artistas locais, 49 oficinas, quatro masterclasses, num total de mais de 300 atividades que propõem maior aproximação com as comunidades e descentralização das manifestações artísticas.

Seja um dos realizadores do Inverno e contribua para que a cultura continue sendo levada para todos os cantos da cidade.

Foto: Alisson Macedo

Compartilhe:
19 jul 2017

Atividades reacendem debate sobre resistência indígena

 

O cenário tão plural e fluido da formação do nosso país tem reflexo na programação do Inverno Cultural UFSJ. Inspirados pela multiplicidade cultural, preparamos uma programação especial para aqueles que, como nós, acreditam na importância do debate sobre a realidade indígena atual no Brasil. O Centro Cultural UFSJ, sob coordenação do professor de Artes Aplicadas Cristiano Lima, oferece aos visitantes uma experiência de imersão sobre a óptica daqueles que já estavam aqui muito antes de Cabral. Para fomentar o debate, serão realizadas exposições de arte, aulas abertas e palestra, tudo com classificação livre e gratuito.

A partir do dia 23, estará aberta a exposição Ancestrais Contemporâneos, uma mostra coletiva composta por diversas manifestações artísticas inspiradas pela cultura do aborígene. Tudo confeccionado a partir de atividades dos alunos do curso de Artes Aplicadas da UFSJ e também de artistas indígenas convidados.

Já no dia 27, às 19h, é dia da palestra Ciência, Arte e Resistência Indígena na Universidade. A sala multimídia do Centro Cultural será ponto de encontro para discutir o papel das universidades nacionais no auxílio e manutenção da resistência indígena no País. Será sorteado durante a palestra um exemplar do livro Mundos Nativos – Culturas e histórias dos povos indígenas, resultado do curso de aperfeiçoamento em Culturas e História dos Povos Indígenas (CHPI) para professores do Ensino Fundamental e Médio, ofertado pelo Núcleo de Educação a Distância da UFSJ e atendendo à premência de se cultivar uma educação voltada para a diversidade sociocultural.

Comemorando dez anos de pesquisa acerca da sociedade indígena, o professor, geógrafo e mestre em História pela UFSJ Cristiano Lima atua também nos campos da arqueologia, antropologia e fotografia. Cristiano ressalta a importância de introduzir a temática indígena no campo das artes e, a partir disso, gerar resultados para discussão. As obras estarão disponíveis para visitação durante todos os dias do Festival. O Centro Cultural da UFSJ funciona das 9 às 21h, na Praça Dr. Augusto das Chagas Viegas, 17.

Veja, também, a matéria sobre a exposição Nativa Guarani, de Júlio César Aristizabal, publicada em invernocultural.com.br/um-pintor-da-voz-latino-americana

Texto: Thaís Fernanda

Imagem: capa do livro Mundos Nativos

Compartilhe: