14 jul 2017

Do papel nasce o brinquedo

 

Em tempos de tecnologia sempre à frente e presente em todos os momentos na vida de uma pessoa, iniciativas como a oficina Do papel nasce o brinquedo ainda nos permitem perceber que é possível se divertir e aprender com materiais muito mais simples do que imaginamos. A oficina resgata valores que estão se perdendo, mas não deixaram de ser importantes na vida de uma criança.

A ideia é fazer com que os jovens sejam inseridos no universo do papel machê e mostrar as possibilidades que esse material permite criar. Além do papel serão utilizados também materiais recicláveis, o que também ajuda na consciência de reaproveitar o lixo, fazendo com que os pequenos comecem, desde cedo, a ajudar o planeta.

O público são as crianças de 9 a 13 anos, que devem levar para a oficina muito entusiasmo, vontade de aprender e, claro, deixar todos os eletrônicos em casa. Conrado Medeiros, artesão e ator que vai ministrar a oficina, garante que o aprendizado será único para cada jovem. O professor tem vasta experiência com atividades lúdicas de teatro e artes plásticas com crianças e adultos. Atualmente, desenvolve pesquisa utilizando o papel machê, alvo principal da oficina, que será realizada entre os dias 24 e 27 de julho, das 8h30 às 12h; e 28 de julho de 2017, das 8h30 às 10h30, na sala 1.03 do Campus Santo Antônio/UFSJ.

Os alunos devem levar materiais recicláveis em geral (caixa de leite, caixa de creme dental, latas, recicláveis pequenos), pincéis, tintas variadas e pano de limpeza. As inscrições podem ser feitas no Centro Cultural da UFSJ até o dia 21 de julho, das 9h às 12h e das 14h às 17h. A taxa para participação é de R$ 15.

Texto: Lays Vieira

Foto: Sergio Cardoso

Compartilhe:
0 Comment

Leave a Comment

Your email address will not be published.