21 jul 2015

Inverno Cultural “Na boca do Povo”

Chico Buarque, nas vozes de professoras da UFSJ, encanta público em apresentação no Teatro Municipal lotado

Com o Teatro Municipal lotado, o show começou. Um a um, os integrantes da banda foram entrando e assumindo seus lugares no palco já tocando seus instrumentos. Primeiro a baixista, depois o baterista, e assim por diante, até chegar o trio que marcou a noite com músicas do artista Chico Buarque. As intérpretes de vozes marcantes Ana Dias, Valéria Braga e Juliana Mota – que também dirige o espetáculo – embalaram a noite com quase 20 músicas do cantor.

Fazendo parte do projeto de pesquisa e extensão Casa Aberta, da Universidade Federal de São João del-Rei, o show “Na boca do povo” estreou no Inverno Cultural e foi sucesso de público, que lotou o Teatro Municipal. A coordenadora do projeto, Juliana Mota, que também é diretora geral e intérprete no espetáculo, conta que é um privilégio estrear a peça em São João del-Rei, já que professores e estudantes da UFSJ se consideram “em casa” e é possível ter a presença de amigos e alunos na plateia. Além das três cantoras, fazem parte do show o professor Marco Filho e alunos dos cursos de Música e Teatro da UFSJ.

O repertório é todo composto por músicas que Chico Buarque fez para peças e filmes como Ópera do malandro, Gota-d’água, Cambaio. Apesar de escritas para os espetáculos, as músicas fizeram sucesso além do ambiente de origem, saindo do teatro, cinema e dança e invadindo os mais diversos espaços, caindo no gosto popular e habitando casas de ouvintes e fãs do artista.

O show conta apenas com músicas que foram compostas para cenas, sendo o repertório escolhido de acordo com as canções que cada integrante mais se identifica. “É um espetáculo singelo, as músicas do Chico passam na vida da gente em diversos momentos. Fizemos vários espetáculos fora daqui, cada uma no seu grupo, na sua história e agora nos juntamos para esse show. Foi um encontro lindo, é muito gratificante estar aqui”, conta Juliana.

Valéria Braga, que foi coordenadora da área de Música do Inverno Cultural por três anos, declara que foi um prazer enorme participar do Inverno Cultural no palco, apresentando-se. “O público estava presente, teatro cheio, foi realmente muito bom, superou minhas expectativas”, revela a cantora. A presença do público reflete o crescimento do teatro musical no Brasil. Há pouco tempo, quando o assunto era esse, pensava-se de imediato em Broadway, Nova Iorque, mas, agora, o Brasil tem várias escolas da modalidade. É a primeira vez que o grupo faz um espetáculo desse, e a partir da experiência criaram um trabalho de pesquisa de teatro musical brasileiro com cara de Brasil. Ainda para Valéria, o teatro brasileiro é bem diferente das apresentações da Broadway, pois nele cabem linguagens variadas e músicas diferentes como o samba, bossa nova, rap.

Texto: Iara Furtado.

Foto: Eric Stefani.

Compartilhe:
0 Comment

Leave a Comment

Your email address will not be published.