20 jul 2015

Um convite para desacelerar

Exposição “Liquidificador” questiona nossa velocidade nos dias de hoje

Pensar melhor sobre a maneira como nos relacionamos”. Esse foi o objetivo da exposição “Liquidificador”, do artista Marlon de Paula. Aluno do curso de Jornalismo da UFSJ, Marlon expôs pela segunda vez no Inverno Cultural.

Fico muito feliz com o espaço conquistado, pois é uma troca ímpar de experiências que nós, artistas, temos num local de manifestação cultural que mobiliza toda a região”, comentou Marlon. A instalação “envolve um processo de percepção da relação homem × tempo, tratando-se do tempo cronológico e da conjectura atual, na forma de como nos relacionamos com o mundo”, explicou o artista, argumentando que o processo de criação e elaboração do projeto nasceu por meio de debates com outra pessoa que assinou a exposição, o artista plástico Rafa Vasquez.

Questões relacionadas à sociedade líquida de Zygmunt Bauman foram as principais referências para os expositores. “As coisas se liquidificam perante nossos olhos, e não guardamos em nós a capacidade de estranhar quando isso ocorre pelo fato de estarmos correndo o tempo todo”, explica.

Liquidificador” esteve no 28º Inverno Cultural no pátio do Campus Santo Antônio.

Texto: Richardson Freitas.

Foto: Victor Hugo.

Compartilhe:
0 Comment

Leave a Comment

Your email address will not be published.