10 jul 2017

Uma oficina para eternizar momentos

 

Pode ser um hobby ou pode ser trabalho. Depois da fotografia, os vídeos entraram em cena para guardar registros. Hoje em dia, todos os momentos importantes da vida de uma pessoa podem ser armazenados e se tornarem inesquecíveis, não só na mente de quem os vive, mas também em imagens. O nascimento de uma criança, uma viagem, belas paisagens, um  aniversário, uma formatura ou um casamento, são fatos marcantes e, por meio de vídeos, podem ser relembrados todos os anos, meses ou dias, por quantas vezes nós quisermos.

O Inverno Cultural UFSJ traz em sua programação a oficina Metodologia para a criação de vídeos, que vem com o objetivo de fazer com que os participantes entendam como funciona o processo de criação audiovisual, desde a ideia inicial até a finalização do material. A oficina apresenta como teoria a metodologia básica da concepção dos vídeos, as etapas de produção pelas quais ele passa e as funções que todo o processo exige. Como prática, os participantes terão de aplicar os conhecimentos adquiridos na prática de realização de pequenos vídeos.

O oficineiro da vez é o documentarista, videomaker, fotógrafo e graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto Eduardo Henrique Moreira. Além de ter experiência na produção de audiovisuais, ele realizou trabalhos na Macaca Filmes, TV-Ufop, Base Criativa (Ufop), Iphan, Ponto de Cultura Timbalê, Coletivo Muzinga, Rede de Coletivos Fora do Eixo. Eduardo também é diretor do longa “Seu Carlito – narrativas sobre um comerciante da roça” (2016), dos curtas documentais “Filtro de Papel” e “Vale-Tudo – a mineração no Brasil” (2013) e de sete séries para a TV Ufop (2011 a 2016).

A oficina acontece de 24 a 27 de julho, das 8h à 12h, no Laboratório de Multimídia no prédio Reuni II (sala 1.01), no Campus Tancredo Neves (CTAN).  Para participar é necessário que os interessados tenham mais de 16 anos e, como pré-requisito, tenham criatividade na concepção de vídeos. Além disso, quem for participar, deve ter em mãos uma câmera fotográfica digital ou celular com câmera que produzam filmes em alta resolução e/ou gravador de áudio.

As inscrições custam R$ 15 e serão presenciais. A partir do próximo dia 13, os interessados podem comparecer ao Centro Cultural da UFSJ, no Centro Histórico de São João, para realizar a inscrição. No dia 13, o processo começará a partir das 14h; do dia 14 ao dia 21, será das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Texto: Ana Luiza Fonseca

 

Compartilhe:
0 Comment

Leave a Comment

Your email address will not be published.